segunda-feira, 2 de novembro de 2009

O que levamos desta vida?

As relações que criámos são o pêndulo, porque nem todos os tesouros da Terra se comparam à felicidade de sermos queridos por alguém.

Mas somos responsáveis por quem cativámos!
Mas da mesma forma que o fazemos, também vemos a outra face da mesma moeda!

Há aquele momento, em que algo nos desperta a atenção.
Pode ser um sorriso, uma troca de olhares... algo!
Por vezes não sabemos ou simplesmente não prestamos atenção.
Só quando temos de nos desprender é que vamos rever...
E isso é um erro!

Devemos, sempre que possível, ver de " olhos fechados ", sentir e tocar com a alma, quem temos à frente!
Muitas vezes não nos dámos a esse trabalho.
Não arriscamos!
Também sei que só o fazemos com quem sentimos que merece.

Mas e quando o sentimos e não o fazemos?
Quando parámos um segundo ( sim o tempo pára mesmo sem o pedirmos ) e vemos que embora não exista a perfeição, vivemos algo que poderia sê-lo tão próximo, mas algo nos impede de dar aquele passo?

Seremos capazes de soltar amarras e deixar que nos levem?
Desejamos que nos levem?
Desejo que me leves, que soltes as amarras e faças o tempo parar novamente apenas porque estas a meu lado?

Sim. Definitivamente, sim.

Pensei que fosse mais fácil...
Não estava à espera ter tanta dificuldade em deixar-te partir.

São 23h43 neste preciso momento e hoje não tenho força para te deixar ir.
Apenas a partir de amanhã, pode ser?
A partir de amanhã, apenas a partir de amanhã...

5 comentários:

Daniela disse...

Complicamos tanto...não é? :P

Nandu disse...

É verdade Dani... Complicamos tanto!!!
Beijoka

Liliana disse...

perto da perfeição?
mas sem entregas absolutas...
desejos...pensamentos profundos...pk nao partilhados?
pk nao te entregas-te sem medo e te deixas-te levar...seriamos 2 loucos que ninguem conseguiria parar

nao partas sem mim :P

Nandu disse...

lili

Por vezes não se explicam os caminhos que se tomam...

Bj

Liliana disse...

nem tudo tem que ter uma explicação...
fica bem nandito